Edimburgo, Edimburgo | Locais Imperdíveis (Parte 1)

Edimburgo | Locais Imperdíveis (Parte 1)

Junho 12, 2019 2 Por sorriresonhar

Quem me acompanhou pelo Instagram, sabe que estive no início de Abril pelas Terras Altas e por Edimburgo. Aqui, vou tentar dar-vos algumas dicas sobre o que ver ou fazer.

Não escondo o desejo que tenho em conhecer a Europa. E, por esse motivo, aproveito qualquer tempo mais prolongado para planear uns dias para acrescentar na lista mais um local.
Em Janeiro, numa das muitas coisas que gosto realmente de fazer: pesquisar vôos baratos e possíveis locais a visitar, surgiu a oportunidade de ir a Edimburgo e, nesta sequência, à Escócia. Um local que já estava na minha lista de “locais a visitar” há muito!!

Se por acaso estiverem indecisos na escolha de um destino, façam como eu e partam a explorar esta maravilhosa região (já dá para ver que me conquistou, não já?)

Edimburgo, Edimburgo | Locais Imperdíveis (Parte 1)
Vista do Castelo de Edimburgo sobre a cidade

Ora bem, então vamos lá dizer-vos o que ver em Edimburgo (sairão mais publicações sobre este local e sobre outras coisas que vos podem ser úteis, fiquem atentos!), comecemos por dois locais que me conquistaram. Cada um de forma muito diferente, mas que considero que ambos merecerão a vossa visita.
Fazendo a ressalva que esta publicação é apenas uma primeira parte de alguns locais que pretendo partilhar. Ficam para ver a segunda parte também?

Castelo de Edimburgo

Ir a Edimburgo e não visitar o emblemático castelo é praticamente como ir a Roma e não ver o Papa (ahahah).

Sem dúvida que era uma das “atrações turísticas” que mais queria visitar e que esteve sempre na minha lista de prioridades. Se pretenderem saber mais sobre o castelo e a lenda por detrás do mesmo, faremos uma publicação sobre isso. Mas, por enquanto, foquemo-nos em aspectos mais práticos que vos podem ajudar a decidir se visitarão este marco histórico ou não.

Edimburgo, Edimburgo | Locais Imperdíveis (Parte 1)

O Castelo de Edimburgo é um marco histórico e cultural da cidade, que se situa numa colina (“Castle Hill”), um antigo vulcão extinto e que lhe confere uma imponência difícil de igualar. Consta que este castelo é “mal-assombrado”, mas nem por isso deixa de fazer parte do roteiro de quem visita a cidade. Serviu também de morada a reis e rainha escoseses e como fortaleza e prisão militar no século XVII. 

Quem visita o Castelo de Edimburgo, não espere um visita rápida. Até porque é um monumento que merece uma visita demorada por se encontrar recheado de história. E, para quem vai com o objetivo de conhecer a cidade, não diria que existiria melhor local para o fazer.

Dentro do castelo é possível visitar várias salas/locais emblemáticos, nos quais existem, em praticamente todos, exposições. À entrada é-nos dado um mapa numerado (em português) e aconselho vivamente a visita pela ordem que é sugerida, uma vez que tem sentido lógico e temporal. As exposições estão muito bem organizadas, são interessantes e permitem uma fácil compreensão de quem procura conhecer. Já para não falar da vista privilegiada sobre toda a cidade de Edimburgo!

Edimburgo, Edimburgo | Locais Imperdíveis (Parte 1)

Um dos eventos imperdíveis dentro do castelo é o canhão que é disparado há uma hora em ponto. Todos os dias (excepto domingo), o General de Artilharia pontualmente dispara o canhão, uma tradição que já dura desde 1861 e que tinha como objetivo a população de Edimburgo e os marinheiros acertarem os seus relógios, caso os tivessem. Garanto-vos que fui apanhada de surpresa e que adorei assistir!

A entrada no castelo (no local) é de cerca 22€ que, apesar de não ser acessível, valeu muito a visita! É possível adquirir também à entrada o audio-guide mediante pagamento extra. Nós fomos sem audio-guide e adorámos! Podem reservar os vossos bilhetes AQUI.

NOTA: e fãs de Harry Potter, não percam mesmo esta visita, mas mais que a visita o poderem vislumbrar este Castelo no topo da colina e que serviu de inspiração para J.K. Rowling “criar” Hogwarts. E sim, vê-lo de longe transporta-nos mesmo para esse local mágico!

Holyrood Park

Em todas as cidades faz falta um pouco de natureza, não é verdade? Mesmo que tenha achado Edimburgo uma cidade muito tranquila, na verdade a parte mais tranquila é aqui, em Holyrood Park.

Edimburgo, Edimburgo | Locais Imperdíveis (Parte 1)

Este parque está situado ao lado do Palácio de Holyrood (que infelizmente não visitei por gestão de tempo e prioridades) e engloba várias colinas, sendo que a mais enigmática é o Arthur’s Seat. Este está localizado num antigo vulcão extinto, o ponto mais alto de Edimburgo, com cerca de 251 metros (uaaaau!).

Edimburgo, Edimburgo | Locais Imperdíveis (Parte 1)

A subida a este ponto é difícil, ventosa, mas absolutamente M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A!! O percurso total demora cerca de 2 horas e meia, mas chegar ao topo vale por todo o esforço (até o esquecemos), porque a vista sobre a cidade é soberba! Dificilmente me esquecerei da sensação proporcionada neste percurso e dificilmente esquecerei aquele tempo em que parei no topo, que me sentei e não pensei em mais nada… Deixo-vos com algumas imagens, mas garanto-vos que nenhuma traduzirá o que se sente ali: senti-me muito pequenina.

Edimburgo, Edimburgo | Locais Imperdíveis (Parte 1)

Conselho: reserva meio dia para fazeres este percurso porque vale muito a pena! Não te esqueças do calçado confortável e da garrafa de água, porque o percurso é realmente difícil, o que nos obriga a parar algumas vezes. Mas, apesar de tudo isto, vai desfrutando de cada momento e respira fundo, porque é um local maravilhoso que merece ser “vivido”.

Espero que tenham gostado de conhecer dois dos meus locais favoritos a visitar em Edimburgo. Não ficará por aqui porque tenho tanto mais para vos mostrar desta cidade maravilhosa, aguardem a segunda parte!