mala, 5 Dicas | Como Organizar a Mala de Cabine

5 Dicas | Como Organizar a Mala de Cabine

Setembro 23, 2019 2 Por sorriresonhar

Viajar já bem deixámos explícito que nos completa de uma forma muito peculiar. O que por vezes pode não ser assim tão fácil é fazer as malas. Na verdade, quem é que não gostava de “estalar os dedos” e que a mala aparecesse feita e bem arrumada? (eu, tu e todos, certo?)

Pois bem, era bom, mas não sendo possível, é tarefa à qual não podemos escapar sempre que viajamos. E fazer a mala pode tornar-se uma tarefa bastante complicada, pelo que temos algumas dicas para ti.

Em todas as minhas viagens tenho aprimorado cada vez mais a técnica de fazer malas, sobretudo porque viajo (quase sempre, à excepção de viagens de longo curso), com mala de cabine. A mala de cabine aparenta ter um aspeto tão minúsculo que nos pode amedrontar só de pensar que nada do que precisamos caberá lá. Mas, quando tiveres de fazer uma mala de cabine, pensa nestas dicas que te vou dar:

1 – Fazer uma lista do que vais precisar

Caímos muitas vezes no erro de levar mais do que o necessário (contra mim falo porque ainda me considero em “processo de aprendizagem”). Isto é uma das coisas que mais tenho tentado mudar em mim, porque levo quase sempre coisas que são absolutamente desnecessárias que só demonstram que não foram pensadas.

Uma estratégia (e eu diria a primeira) para organizar uma mala de cabine é elaborar uma lista com todos os itens que serão precisos na viagem. Claro está que isto dependerá de quantos dias durará a mesma, pelo que isto poderá ser adaptado, caso a caso.

De qualquer forma fica aqui um documento para que se possam organizar e elaborar a vossa lista.

mala, 5 Dicas | Como Organizar a Mala de Cabine

2 – Escolher uma mala com as dimensões certas

Pois bem, se forem como eu, sempre que vou de viagem prefiro ter a certeza que por motivo algum a minha bagagem de cabine não irá para o porão por exceder as medidas e que não terei de pagar um extra por não respeitar as medidas regulamentadas.

Assim, uma das dicas que vos posso dar é que escolham uma mala de cabine que respeite as medidas standard de a maioria das companhias aéreas (sobretudo daquelas em que viajam mais) e usem e abusem (sim, porque as malas não são propriamente baratas, pelo que é usar até não dar mais, certo?).

Acreditem que com esta dica poupam muitas “dores de cabeça”. Deixamos aqui um site que reúne as dimensões  de bagagem de diferentes companhias aéreas, para que possam consultar. Aqui também estão incluídos os pesos máximos por mala (se o peso for superior, poderás ter de pagar um extra, que geralmente não é barato).

3 – Consultar a meteorologia

Este aspecto é absolutamente necessário se queres viajar com o que realmente precisas. De que nos vale levar casacos mais pesados se até está um tempo ameno em que por vezes até dá para andar de camisa e t-shirt na maior parte do dia? Portanto, consultar o tempo que está no destino é “meio-caminho” para não falhar na hora de escolher a roupa a levar.

4 – Organizar a roupa

O grande “bolo” da mala é a roupa. E é aqui que muitas das vezes falhamos, porque temos a tendência inata de colocar peças a mais porque “podemos vir a precisar”: ERRADO! É aqui que deve entrar a praticidade e o foco no essencial.

Selecionem bem o que levar que, para além de que deverá ser adequado ao tempo do destino seja também de fácil conjugação. O truque aqui é visualizar “conjuntos” e looks para os dias em que estaremos nos locais, em que as peças possam (e devem) ser utilizadas mais do que uma vez. Por isso, escolhe peças básicas e conjugáveis entre si, para que todos os dias estejas a vestir uma coisa diferente.

E como dispôr a roupa na mala para ocupar o menor espaço possível?

De certeza que isto não será novidade, mas o que melhor funciona para optimizar o espaço é fazer rolinhos com a roupa. Isto também ajuda a que a roupa não chegue tão amarrotada e acreditem, cabe muito mais coisas do que dispôr em camadas.

Já o calçado, aproveitem sempre para colocarem as meias/roupa interior no espaço interior livre, porque habitualmente é espaço mal aproveitado.

mala, 5 Dicas | Como Organizar a Mala de Cabine

Imagem retirada do Pinterest

Dica Extra: Leva SEMPRE a roupa mais pesada/volumosa vestida, incluindo calçado que ocupe mais espaço. Todo o espaço é pouco!

5 – Ajusta a medicação/ artigos de higiene /maquilhagem aos dias de viagem

Outro aspecto que temos tendência a levar mais do que devíamos. Devemos levar apenas aquilo que precisamos ou, no caso da medicação, podemos vir a precisar ou que faz parte do nosso dia-a-dia. Até porque quem é que nunca ficou doente numa viagem? Pois, na verdade acontece, mas não devemos levar este mundo e o outro para qualquer potencial problema de saúde que possa surgir, o que deve ser muito bem selecionado.

Mas relativamente ao aspecto maquilhagem e artigos de higiene, o truque é apostar nos formatos mini que tanto nos poupam espaço. Em casa tenho geralmente um “stock” de alguns produtos que sei à partida que apenas utilizo nas viagens, por exemplo.

Ah e não esquecer que se só viajas com mala de cabine, tens de ter em atenção que tudo o que seja líquidos tem de ir devidamente acondicionado num saco transparente em que cada embalagem não pode ultrapassar 100ml, num total de 1 litro (na soma de todas as quantidades). Deixa o saco num sítio acessível porque é provável que peçam no controlo de segurança para os retirares da tua mala.

mala, 5 Dicas | Como Organizar a Mala de Cabine

Imagem retirada do Pinterest

Tens mais alguma dica a acrescentar?

Esperemos que esta publicação te seja útil na tua próxima viagem. Lembra-te que, por vezes, o mais importante é descomplicar e focar naquilo que é essencial (podes aplicar não só nisto, mas na vida).